Imprimir esta pg
0
0
0
s2sdefault

Alemanha suspende certificação do Nord Stream 2

Publicado em 16/11/2021 Escrito por  Tsvetana Paraskova Lido 749 vezes

Inverno mais caro frio para os europeus

 

Os preços do gás natural nos principais centros europeus saltaram para máximos de três semanas nesta terça-feira (16), depois que a Alemanha anunciou que suspendeu o processo de certificação do gasoduto Nord Stream 2, construído pela Rússia.

A Agência Federal Bundesnetzagentur disse que suspendeu na terça-feira o procedimento para certificar a Nord Stream 2 AG como uma operadora de transmissão independente até que a operadora do oleoduto na Alemanha seja incorporada sob a lei alemã.

A agência, que tinha até 8 de janeiro de 2022, para se manifestar sobre a licença de operação, desfere um golpe no gasoduto e acaba com a esperança de que ele possa começar a enviar gás para a Alemanha a tempo de salvar a Europa de uma crise de gás neste inverno mais frio do que o normal.

“O procedimento de certificação permanecerá suspenso até que os principais ativos e recursos humanos tenham sido transferidos para a subsidiária e o Bundesnetzagentur possa verificar se a documentação reenviada pela subsidiária, como o novo requerente, está completa”, disse a agência alemã.

Depois que a notícia da suspensão alemã do processo de certificação foi divulgada, os preços do gás na Europa saltaram para níveis máximos de três semanas, também em meio à ansiedade sobre como a Rússia reagirá à suspensão da certificação.

“Todas as esperanças restantes de que este gasoduto estaria disponível para o inverno estão completamente destruídas agora”, disse James Waddell da Energy Aspects ao Financial Times.

Comentando sobre as notícias do Nord Stream 2, Ole Hansen, Chefe de Estratégia de Commodities do Saxo Bank, disse: “Será interessante ver a reação da Gazprom / Putin com o mercado claramente preocupado com a entrega prometida .”

Dmitry Marinchenko, Diretor Sênior da Fitch Ratings, disse à agência de notícias russa TASS que “O caso é mais provavelmente processual do que político. A Alemanha apóia o projeto de forma consistente e não adianta procurar conspiração neste caso. ”

Ainda assim, a situação “cria incerteza no mercado - não está claro até agora se a Gazprom está pronta para aumentar significativamente o fornecimento para a Europa antes do lançamento do Nord Stream 2”, acrescentou Marinchenko.

Última modificação em Terça, 16 Novembro 2021 18:05
Avalie este item
(1 Vote)
Veja algumas métricas do portal.