Imprimir esta pg
0
0
0
s2sdefault

Refinaria Abreu e Lima bateu novo recorde de produção

21 Maio Lido 1246 vezes

Na mira da Petrobrás para ser vendida para grupos estrangeiros, a Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco, acaba de bater um novo recorde de produção de óleo combustível

Ao todo, a unidade registrou um volume de 211.139 m³ do produto em abril, 16,8% a mais que o mês anterior. Este foi o segundo recorde registrado pela refinaria neste ano. Em março, a RNEST já tinha alcançado o marco de 180.725 m³, volume 7,3% acima do recorde anterior, de 168.365 m³, apurado em maio de 2020.

"O óleo combustível produzido na RNEST é utilizado em grandes motores por setores da Indústria, termoelétricas e navios. Além disso, o produto serve como matéria prima na formulação do Bunker 2020 – combustível marítimo com baixo teor de enxofre. O produto é exportado principalmente para Cingapura", detalhou a Petrobrás, em comunicado.

Para lembrar, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) concedeu, recentemente, um novo prazo para a venda da RNEST. Agora, a Petrobrás tem até o dia 30 de outubro para concluir a transação do ativo. O Cade também ampliou a data limite para alienação de outras refinarias e ativos no setor de gás natural, conforme noticiamos aqui.

Fonte: Petronotícias

Avalie este item
(7 votes)
0
0
0
s2sdefault
Veja algumas métricas do portal.
Subscribe to this RSS feed