Imprimir esta pg
0
0
0
s2sdefault

Sylvio Massa denuncia em livro a desconstrução da Petrobrás: "Um crime de lesa-pátria"

04 Maio Lido 1684 vezes

"Todo brasileiro precisa saber sobre o desmonte de nosso maior patrimônio"

O economista Sylvio Massa de Campos, que foi diretor da BR Distribuidora e um dos seus criadores, está lançando o livro "A desconstrução da Petrobrás" (Altadena), fato que considera um crime de lesa-pátria. Afirmando não ser difícil identificar os responsáveis pelo desmonte da Companhia, Massa alerta para o dano proporcionado às futuras gerações.

"Todo brasileiro precisa saber sobre o desmonte de uma empresa que se tornou gigante, a serviço de toda a sociedade brasileira, nosso maior patrimônio, e agora se vê condenada a atender ao interesse de poucos", denuncia o economista, que é diretor da AEPET.

​"Os brasileiros que, desde a campanha 'O petróleo é nosso', construíram a Petrobrás e viram o amadurecimento técnico que se deu no pioneirismo da produção em águas profundas, amargam a perda desta conquista, algo que representa um dos maiores desastres para nossa soberania", resume o autor, que presta homenagem aos 60 anos de fundação da AEPET e às principais lideranças da Associação.

Para o historiador Ivan Alves Filho, licenciado pela Universidade Paris-VIII (Sorbonne) e pela Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais de Paris, o livro de Sylvio Massa contextualiza o papel da Petrobrás com fonte indispensável de energia. "Defender a Petrobrás está novamente na ordem do dia", sublinha.



"Sylvio deixa claro no livro que para onde vai a Petrobrás, segue ineludível o país.
Questão de vida ou morte do povo brasileiro
."

Gilberto Felisberto Vasconcellos
Sociólogo, Jornalista e Escritor brasileiro, professor titular da Universidade Federal de Juiz de Fora.


"Que não fiquemos em silêncio, que não nos acovardemos perante tão agressivo ataque ao interesse nacional. Está aí o chamamento contido nestas páginas, onde a coragem do autor Sylvio Massa de Campos permite aflorar um sentimento de nacionalismo e patriotismo em todos nós."

Alexandre Savio
Psicólogo, jornalista e editor



Análise critica do livro "A Desconstrução da Petrobrás"

Por Ivan Alves Filho

"Defender a Petrobrás está novamente na ordem do dia. O livro de Sylvio Massa, a meu juízo, contextualiza o papel dessa fonte indispensável de energia nos dias atuais, revelando o quanto nosso desenvolvimento tem elevado nível de dependência do chamado ouro negro."

A primeira grande batalha cívica travada pelo povo brasileiro após a luta pela Abolição talvez tenha sido a campanha pela nacionalização do petróleo. Centenas de milhares de cidadãos foram às ruas para defender a soberania do país. Militares patriotas e comunistas deixaram suas divergências de lado em função de um grito de guerra, quase: "O petróleo é nosso!"


Com tanta gente se mobilizando, das mais diferentes classes sociais, o petróleo tinha mesmo que ser nosso - e de fato o foi. Com muito sacrifício, mas foi. Resta saber por quanto tempo ainda. Pois o governo atual representa uma ameaça não só à Democracia como à nossa própria autonomia.

Vale dizer, o patrimônio nacional corre riscos. Nossas riquezas estão sendo dilapidadas. Essa a inquietante conclusão a que chegamos após a leitura da obra organizada por Sylvio Massa. Defender a Petrobrás está novamente na ordem do dia. Podemos até discutir se o petróleo ocupa hoje o mesmo lugar central em nosso desenvolvimento que ocupava nos anos 50. Mas uma coisa é certa: seu valor simbólico permanece intacto, ainda que estejamos na era da inteligência artificial, da química fina e da engenharia genética. Ainda que à nacionalização tenhamos que agregar uma gestão cada vez mais transparente e popular, uma exigência dos tempos.

O livro de Sylvio Massa, a meu juízo, contextualiza o papel dessa fonte indispensável de energia nos dias atuais, revelando o quanto nosso desenvolvimento se mantém atrelado ao chamado ouro negro.

Tenho a mais absoluta convicção de que homens da estatura de Horta Barbosa, Jesus Soares Pereira, Nelson Werneck Sodré e Barbosa Lima Sobrinho assinariam com prazer esta obra.

Ivan Alves Filho é Historiador licenciado pela Universidade Paris-VIII (Sorbonne) e pela Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais de Paris

 

Clique aqui para comprar o livro

Clique aqui para saber

 

Última modificação em Quarta, 05 Maio 2021 16:29
Avalie este item
(11 votes)
0
0
0
s2sdefault
Veja algumas métricas do portal.
Subscribe to this RSS feed