Imprimir esta pg
0
0
0
s2sdefault

Washington Post: CIA usou empresa de criptografia para espionar Brasil e outros países

11 Fevereiro Lido 948 vezes

Lucrando com informações de clientes

A CIA e a inteligência alemã controlavam secretamente uma empresa que vendia sistemas de criptografia fraudulentos para outros países, permitindo que as agências espionassem mais de uma centena de países ao longo de várias décadas, informa nesta terça-feira o jornal americano “The Washington Post”.

A reportagem – em parceria com a TV alemã ZTE e a rede estatal suíça SRF — relata que a empresa, a Crypto AG, gerava milhões de dólares de lucro ao mesmo tempo em que expunha dados sensíveis de seus clientes.

A Crypto se apresentava como uma empresa sueca de dispositivos de criptografia e, por décadas, vendeu equipamentos para — além do Brasil — países como Irã, Índia, Egito e Itália. Nenhum dos países que compraram o equipamento sabia que ela pertencia à CIA em uma parceria secreta com a inteligência da Alemanha Ocidental. As agências de espionagem manipularam os dispositivos para que pudessem quebrar os códigos usados pelos países.

“Foi o golpe de inteligência do século”, concluiu um relatório classificado da CIA sobre a operação. “Os governos estrangeiros estavam pagando um bom dinheiro aos EUA e à Alemanha pelo privilégio de ter suas comunicações mais secretas lidas por pelo menos dois (e possivelmente até cinco ou seis) países estrangeiros”. (…)

Fonte: Valor

Avalie este item
(8 votes)
0
0
0
s2sdefault
Veja algumas métricas do portal.
Subscribe to this RSS feed