Notícias

Blecaute traz à tona debate sobre condições de trabalho

Data: 29/10/2012 
Fonte: Fisenge

Pouco antes da meia-noite, estados do Norte e do Nordeste sofreram um blecaute total nesta quinta-feira, dia 25. Segundo nota do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o problema foi provocado por “um curto-circuito no segundo circuito da linha de transmissão” Colinas (TO)-Imperatriz (MA), justamente o que interliga o Sistema Norte/Nordeste ao Sul/Sudeste. Coincidentemente, representando a Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge) e presidente do Sindicato dos Engenheiros de Pernambuco (Senge-PE), Fernando Freitas esteve no mesmo dia, em Brasília, para uma reunião com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). “Em Brasília, apresentamos para a Secretaria de Fiscalização Financeira da Aneel reivindicações dos trabalhadores, uma vez que uma série de benefícios foram cortados como a gratificação de férias, além de uma reposição de perda de massa salarial. Desembarquei em Pernambuco e, logo em seguida, houve o blecaute”, contou.

 

De acordo com Freitas, este é o segundo blecaute ocorrido na região. “Precisamos acompanhar as medidas que serão tomadas para que este fato não se repita. Além disso, devemos avaliar se há perda de padrão na qualidade do serviço e condições de trabalho, pois este evento significa um enorme transtorno social. Hospitais, restaurantes e toda a rede de comunicação de dados do Norte e Nordeste foram afetados e este prejuízo precisa ser contabilizado. Supõe-se que há uma necessidade de melhoria de quadro, especialmente no que se refere às condições de trabalho e treinamento do pessoal”, concluiu.

 

Fonte: Fisenge – Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros

Conteúdo Relacionado

Não há conteúdo relacionado.

Tags

Não há tags relacionadas