Notícias

Governo esquece CA até nas decisões corretas

Data: 27/06/2014 

Presidente da AEPET e representante dos trabalhadores no Conselho de Administração (CA) da Petrobrás, Sílvio Sinedino, apesar de totalmente favorável à exploração do excedente de óleo nas áreas de cessão onerosa pela Petrobrás, se diz insatisfeito pelo fato de, mais uma vez, o CA não ter sido consultado previamente.

“O governo tem maioiria no CA, mas insiste em passar por cima do Estatuto e diminuir a importância do CA”, afirma Sinedino.

Para o conselheiro, a decisão de deixar com a Petrobrás o excedente em óleo da cessão onerosa é acertada e prevista em Lei. Entretanto, o pagamento antecipado de uma produção que só terá início em 2021 tem que ser referendado pelo Conselho de Administração, uma vez que impacta diretamente no plano de investimento da empresa.

As declarações de Sinedino tiveram muita repercursão na mídia nacional e estrangeira, sendo citado nos jornais O Globo, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, Valor Econômico, Brasil Econômico e Correio Braziliense. Além das agência internacionais Reuters e Bloomberg.

Conteúdo Relacionado