Imprimir esta pg
0
0
0
s2sdefault

Maior refinaria da Shell reduz capacidade de processamento de petróleo em 50%

11 Novembro Escrito por  Tsvetana Paraskova Lido 979 vezes

A refinaria de Pulau Bukom fica em Cingapura

 

A Shell vai reduzir pela metade a capacidade de processamento de petróleo bruto de sua maior refinaria do mundo, Pulau Bukom em Cingapura, como parte de sua ambição de ser uma empresa de emissões líquidas zero até 2050 ou antes,  comunicou a companhia nesta terça-feira (10).
Pulau Bukom hospeda a maior refinaria Shell  em termos de capacidade de destilação de petróleo, 500.000 barris por dia (bpd), e também tem um complexo de cracker de etileno com capacidade de até um milhão de toneladas por ano.

Como a Shell está procurando reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) e está transformando seu negócio de refino para um novo futuro, ela cortará a capacidade de processamento de petróleo em Pulau Bukom pela metade, disse a empresa. Nesse novo futuro, a Unidade de Fabricação de Pulau Bukom será um dos seis parques de energia e produtos químicos da Shell, e mudará de uma lista de produtos à base de petróleo bruto para novas cadeias de valor de baixo carbono.

“Nossos negócios em Cingapura devem evoluir e se transformar, e devemos agir agora se quisermos alcançar nossa ambição de prosperar durante a transição energética. Nossa ação decisiva hoje ajudará a Shell em Cingapura a se manter resiliente e a construir um futuro mais limpo e sustentável para todos nós ”, disse Aw Kah Peng, presidente da Shell Companies em Cingapura.

A capacidade reduzida da refinaria em Cingapura resultará em menos empregos no local, disse a Shell. Uma fonte informou à Reuters que a superpetroleira cortaria cerca de 500 empregos até o final de 2023. Atualmente, Pulau Bukom emprega cerca de 1.300 pessoas.

A Shell está implementando uma nova estratégia para remodelar seu negócio de refino em direção a um portfólio menor e mais inteligente, com foco em maior integração com os centros de comércio e de produtos químicos da Shell.

Como parte dessa estratégia, a Shell vendeu a Refinaria Martinez na Califórnia para a PBF Holding Company por US $ 1,2 bilhão.

A Shell também deve fechar sua refinaria de 211.000 bpd em Convent, Louisiana, após não conseguir encontrar um comprador para o local.

Fonte: Oilprice.com

Avalie este item
(2 votes)
0
0
0
s2sdefault
Veja algumas métricas do portal.
Subscribe to this RSS feed