Notícias

Nota da AEPET sobre o momento político e a Petrobras

Data: 18/05/2017 
Autor: Felipe Coutinho

As provas materiais da participação de Michel Temer (PMDB) para obstrução da justiça e corrupção de seus principais aliados, notadamente do senador afastado e presidente do PSDB, Aécio Neves, agravam a cena política nacional.     Enquanto escrevemos, Temer ainda é o presidente, quando a nota estiver sendo lida, talvez não mais.

 

Outra vez, a história acelera os seus passos, mas quem dá a direção?

 

Evidente que ainda não é a maioria dos brasileiros. Os que vivem de salários, são aposentados ou estudam continuam alijados das principais decisões políticas nacionais. Ocorre que não seremos convidados à participar, à decidir o nosso destino. Os proprietários dos bancos e dos meios de comunicação, os rentistas e seus lacaios já estão prontos para promover as mudanças necessárias para manter tudo como está. Alguns políticos são descartados, como fusíveis são queimados, para preservar o funcionamento do sistema.

 

Apenas a população consciente, unida e organizada pode promover as verdadeiras mudanças. A verdadeira democracia ´é aquela exercida cotidianamente, nos locais de trabalho, nos bairros, na elaboração dos orçamentos e na definição das prioridades públicas. Na escolha e na retirada de representantes subordinados durante todo mandato ao poder popular. O simulacro eleitoral, no qual escolhemos entre os pré-selecionados dos bancos, das multinacionais e da mídia é um espetáculo que ilude e desilude os inocentes, periodicamente.

 

A privatização é a corrupção em seu mais elevado grau. É a transferência do patrimônio público às mãos privadas. Se na corrupção ordinária se apropriam de parte da riqueza gerada pelas estatais, na privatização se apropriam dos próprios ativos e de todo o resultado da atividade econômica atual e futura.

 

Os ativos da Petrobras e o petróleo brasileiro não podem continuar sendo privatizados por aliados de Temer e Aécio.

 

    Tirem as mãos da Petrobras. Para começar, eleições diretas já!

 

Direção da AEPET

Conteúdo Relacionado