AEPET Direto

Parente compra crise para vender a Petrobrás

Data: 13/02/2017 

13/02/2017

 

Parente compra crise para vender a Petrobrás

 

A ignorância alheia é a maior aliada dos que se beneficiam da venda dos ativos da Petrobrás, notadamente as multinacionais do petróleo, os banqueiros e seus lacaios.


Veja Mais
Curta a página da AEPET no Facebook
Acompanhe as publicações da AEPET também pelo Facebook.  

 

Veja Mais

Plano de Temer para recuperar a economia ameaça empresas brasileiras
Garantias oferecidas pelo governo a investidores estrangeiros ameaçam agravar crise das empresas brasileiras e catalisar processo de transferência de controle

 

Veja Mais

Mídia segue mentindo para apoiar privatização da Petrobrás
Mídia hegemônica classifica como "entraves à venda de ativos" as restrições legais às diversas iniciativas entreguistas da atual diretoria. 

 

Veja Mais

14 entidades repudiam desmonte do conteúdo local
Não bastasse o elevado nível de desemprego já existente no país, acima de 12 milhões de pessoas, a decisão do Governo de redução dos índices de Conteúdo Local para petróleo e gás acrescentará mais de 1 milhão de desempregados.

 

Veja Mais

 

Uma agenda para destruir um País

Por Esther Dweck


Mesmo com um movimento mundial que demonstra que o ajuste fiscal só aprofunda a crise econômica, Meirelles propõe tal ajuste para a retomada do crescimento


Veja Mais
Notícias importantes dos últimos “AEPET Diretos”:

A mentira sobre o rombo na Previdência Social (leia mais)

Brasil: um dos principais polos de exploração no mundo (leia mais)

Estratégia de Privatização da intervenção Temer-Parente na Petrobras desrepeita a Lei (leia mais)

“AEPET Notícias” - Leia os boletins mais recentes

2016: o ano que pode durar 20 anos (leia mais)

Contratos bomba comprometem o futuro da Petrobrás (leia mais)

Estratégia de Parente obriga Petrobrás a repetir fracasso das multis do petróleo (leia mais)

COTAÇÃO DO PRETRÓLEO
O barril Tipo Brent estava em US$ 51,38 nesta 6ª feira (10/03). Por seu lado, o óleo leve negociado em Nova Iorque foi para US$ 48,46 o barril.
(Oilprice.com)

Conteúdo Relacionado

Não há conteúdo relacionado.

Tags

Não há tags relacionadas