Notícias

Onde estava a AEPET?

Data: 10/02/2017 
Autor: Alex Prado

Recebemos diversos questionamentos sobre o papel da AEPET durante os anos nos quais, mais tarde, se revelaram os desvios por meio da operação lava jato. Muitos daqueles que não acompanharam o trabalho da associação, hoje a acusam de ter se calado, ou até de ter sido cúmplice com os atos de corrupção. Sem nenhuma evidência ou prova.

 

Foram inúmeras cartas, votos nas AGEs e AGOs, entrevistas e ações jurídicas patrocinadas pela associação e colaboradores.

http://www.aepet.org.br/noticias/pagina/12156/Justificao-de-Votos-da-AEPET-nas-AGOs-e-AGEs-da-PETROBRS-dos-ltimos-11-anos-


A Aepet não dispõe dos meios ou das prerrogativas para identificar ou investigar os casos de corrupção percebidos pelo MPF, Justiça e Polícia Federal. Também não recebeu denúncias fundamentadas de seus associados.


A entidade identificou desvios, especialmente nos empreendimentos do refino, e através de cartas e artigos os apontou e apresentou alternativas.

http://www.aepet.org.br/noticias/pagina/12153/Atuao-histrica-da-AEPET-relativa-s-posteriores-revelaes-da-Operao-Lava-Jato



http://www.aepet.org.br/uploads/paginas/uploads/File/002-BOLETIM-CARTAS-PARA-O-SITE.pdf


Apesar de ter sido lesada a Petrobrás possui imensa capacidade de geração de riqueza e as opções políticas e empresariais tomadas atualmente são, na melhor das hipóteses, equivocadas.


A privatização não pode se justificar pelos erros do passado. Novos erros não se justificam sobre velhos erros. Temos demonstrado que existem alternativas.

https://felipecoutinho21.files.wordpress.com/2016/10/existe-alternativa-para-reduzir-a-divida-da-petrobrc3a1s-sem-vender-seus-ativos_rev0.pdf


Em 2011, Fernando Siqueira, então presidente da AEPET escreveu carta contestando o jornalista Hélio Fernandes e fazendo um balanço da atuação da Associação, que completava 50 anos de fundação.


Clique aqui para ler a carta na íntegra.


 

Conteúdo Relacionado

Não há conteúdo relacionado.

Tags

Não há tags relacionadas