Notícias

A Petrobrás ressurge e frustra os seus detratores

Data: 20/07/2016 
Fonte: Carta Capital Autor: Carlos Drummond

Apresentada pela mídia como a empresa mais endividada do mundo na campanha pelo impeachment, a Petrobrás subiu 157% na bolsa de valores desde o começo do ano até a sexta-feira 15 e agora é a queridinha do mercado.

Apesar de prejudicada pela queda do preço do petróleo, saqueada por uns poucos e com a cadeia produtiva desarticulada pela Lava Jato, mostra força e distancia-se da depreciação almejada pelos detratores, alguns deles interessados em comprá-la a preço de banana.

A produção de óleo e gás atingiu o recorde de 2,9 milhões de barris em junho. A alta produtividade no pré-sal da Bacia de Santos, região de nove dos dez poços com maior produção, permitiu baixar o custo de extração para menos de 8 dólares o barril.

Entre 40 e 50 dólares, já era o mais baixo do mundo, e o novo valor supera as expectativas mais otimistas de redução do custo. A procura no exterior por títulos da empresa no valor de 3 bilhões de dólares superou em 2,3 vezes a oferta. Os seus inimigos não estão contentes.

 

Conteúdo Relacionado

Tags

Petróleo Política Leilão Ciência e Tecnologia AEPET Aposentadorias Aposentados Leilão de Libra Campanha Salarial Educação EUA Greve Venezuela Economia Engenharia Privatização Pré-sal Fundos de Pensão Faixa Livre Universidade Brasil Ucrânia Ditadura PT Fernando Siqueira Silvio Sinedino Vila Autódromo paralisação dos servidores Aumento das tarifas CPI dos ônibus Marco regulatório STF Luis Nassif Petrobras Guilherme Estrella Paulo Passarinho Opep petroleo Colômbia Previdência Social pre-sal leilões economia brasileira Cultura conteúdo nacional fundo social Ildo Sauer exportações desenvolvimento Modecon Desenvolvimento Sustentável pesquisa USP petróleo e desenvolvimento indústria do petróleo Eike Batista José Augusto Ribeiro Ricardo Maranhão produtividade delação premiada Clube de Engenharia Eleições Terrorismo PNAD lobistas UFRJ ABI regime de partilha Raul Tadeu Bergmann Leonardo Boff José Carlos de Assis Paulo Brandão conselheiros fundos de pensão Momento político Felipe Coutinho Adriano Benayon FUP PSDB Caso Celso Daniel Grécia Roberto Amaral Impeachment Momento econômico Maioridade penal Manifesto em defesa da Petrobras Prêmio OTC Fernando Brito Urnas eleitorais Desoneração fiscal Operadora única Greve dos bancários Situação dos médicos nos planos de saúde André Araújo Política brasileira Leilão de petróleo Greve de professores Turquia Lei Greve da Eletrobras Petrobrás Ativos da Petrobras FNP Olimpíadas Seminário Petrobrás Lava-Jato UERJ Orçamento da União Cunha BR Distribuidora Bernardo Kocher Emanuel Cancella Edson Monteiro Samarco produção Drogas 14 anos da morte de Celso ´CSN OSs 14 Razões Chernobil Taxa de juros Maluf Fundo Soberano Plano econômico Calamidade no Rio de Janeiro Pedro Pinho filme Rita Freire Partido novo Segundo turno Marcelo Freixo Vitória de Trump Estado do Rio da falência à prisão de seus moradores Morte de D. Paulo Evaristo Arms