Notícias

Sinedino reafirma suas posições em defesa da Petrobrás

Data: 12/05/2015 
Autor: Rogério Lessa

Em entrevista ao jornal O Globo desta terça-feira (12), Silvio Sinedino, diretor da AEPET e representante eleito dos funcionários no Conselho de Administração da Petrobrás à época da escolha de Aldemir Bendine para a presidência da Companhia, reafirmou sua posição contrária às nomeações políticas para a direção da estatal e favorável a uma lista tríplice, feita pelos funcionários, para que o CA escolhesse o novo presidente. "As indicações por partidos políticos, como a Polícia Federal e a Justiça vêm demonstrando, acabam cobrando um alto preço em corrupção e malfeitos", relatou o jornal.

 

Na mesma edição, O Globo lembra que Sinedino criticou pontualmente a criação da Diretoria de Governança, Risco e Conformidade. "Acho que a simples criação dessa diretoria não resolve nosso problema. Há governança na Petrobrás. Ninguém pode dizer que não há. A governança hoje funciona para os peões. Se um operador de refinaria erra uma permissão de trabalho, é severamente punido. Já os diretores puderam comprar a refinaria de Pasadena sem EVTE (estudo de viabilidade técnica e econômica) ... Governança existia. Só que só funciona para baixo", publicou O Globo.


Conteúdo Relacionado