Notícias

Aumenta a cobiça sobre a tricampeã do "Oscar" do petróleo

Data: 04/05/2015 
Fonte: Petrobras
Autor: Rogério Lessa

No último domingo (3), em Houston (EUA), a Petrobrás recebeu pela terceira vez o prêmio OTC Distinguished Achievement Award for Companies, Organizations and Institutions, em reconhecimento ao conjunto de tecnologias desenvolvidas para a produção da camada Pré-Sal. O prêmio OTC é o maior reconhecimento que uma empresa de petróleo pode receber na qualidade de operadora offshore. 

 

Tanto isto é verdade que a Shell já manifestou interesse na compra de quaisquer ativos que a Petrobrás coloque à venda. Paralelamente, crescem as pressões sobre o governo para que flexibilize as regras de exploração do pré-sal, como denunciou o vice-presidente da AEPET, Fernando Siqueira, no Programa Faixa Livre desta segunda-feira (4).


Em 1992, a Petrobras recebeu o prêmio por conquistas técnicas notáveis relacionadas ao desenvolvimento de sistemas de produção em águas profundas relativas ao campo de Marlim e, em 2001, por avanços nas tecnologias e na economicidade de projetos de águas profundas, no desenvolvimento do campo de Roncador.

 

Em carta comunicando a premiação à Petrobras, o Presidente da Offshore Technology Conference (OTC), Edward G. Stokes, destacou: “Este prêmio é um reconhecimento das conquistas notáveis, significativas e únicas alcançadas pela Petrobrás, e das grandes contribuições para a nossa indústria (óleo e gás offshore). O comitê de seleção (da OTC) ficou extremamente impressionado com esta nomeação. As conquistas que a Petrobras fez na perfuração e produção desses reservatórios desafiadores são de classe mundial. A indústria aprendeu muito a partir das informações compartilhadas pela Petrobras sobre o Pré-Sal nos artigos e sessões apresentados na OTC. Nós todos nos beneficiamos do seu sucesso.”

 

Desde 1969, a OTC promove anualmente o maior evento de negócios do mundo na área de produção offshore de óleo e gás. É frequentado por praticamente todas as operadoras de óleo e gás offshore, além de seus fornecedores. Atualmente tem uma frequência de 100 mil congressistas de 130 países. Nele é discutido o estado da arte da tecnologia offshore de exploração, perfuração, produção e proteção ao meio ambiente e também são exibidas as mais recentes inovações em produtos e serviços da atividade de exploração e produção. O recente recorde de produção de óleo na camada Pré-Sal, de 737 mil barris diários de petróleo, obtido em fevereiro de 2015, demonstra a robustez das tecnologias aplicadas.

 

O presidente da Petrobrás, Aldemir Bendine, em nota oficial, creditou o sucesso ao corpo técnico da Companhia. "É graças ao trabalho de vocês que a Petrobrás recebeu, neste domingo, em Houston, nos Estados Unidos, pela terceira vez, o Prêmio OTC Distinguished Achievement Award for Companies, Organizations, and Institutions,o maior da indústria de petróleo e gás, em reconhecimento ao conjunto de tecnologias desenvolvidas para a produção da camada Pré-Sal. Vamos celebrar também essa conquista.

 

Quero externar minha alegria e meu orgulho por fazer parte desse time e lembrar que os protagonistas dessa história serão sempre os trabalhadores da Petrobrás", disse Bendine.

Tags