Notícias

Resposta ao Editorial de O GLOBO de 3 de outubro de 2014

Data: 03/10/2014 
Autor: Ronaldo Tedesco

O Editorial de O GLOBO desta sexta-feira, dia 3 de outubro (por coincidência, data de aniversário da Petrobrás) é um exemplo de que um veículo de comunicação com mais de quatro milhões de leitores pode ser erradamente utilizado para ser palanque eleitoral.O GLOBO se utiliza de seu editorial para ataques ao petismo, à própria Petrobrás e aos petroleiros, terminando o editorial com o conceito de que “pouco ou nada se sabe de reclamações contra esses virtuais assaltos aos fundos de pensão” e “mais uma vez, os fins justificam meios”.

É uma lástima. Até por que o periódico tem entre seus profissionais gente de gabarito que acompanha a empresa petroleira há anos. Ramona Ordoñez, Chico Otávio, AlexandreRodrigues entre muitos outros profissionais do “jornalismo investigativo” global sabem, ou deveriam saber, da luta que tem sido palco a Petrobrás nos últimos 20 anos.

Desde antes dos Governos FHC, Lula e Dilma, os petroleiros têm resistido ferozmente à utilização da companhia como aparelho político. A “república do Paraná” – denominação que muitos de nós, petroleiros, damos aos gerentes da linhagem de Paulo Roberto Costa – atua na Petrobrás desde antes de FHC, com a permissão, conivência ou omissão de todos estes governos.

O petismo nunca conseguiu ter em suas fileiras quadros técnicos que pudessem assumir funções de destaque na companhia. Em função desta debilidade, e por falta de um projeto independente e estratégico para a Petrobrás, aceita e convive com os apadrinhados dos diversos partidos políticos coligados na holding e nas subsidiárias, como o atual presidente da Transpetro, Sérgio Machado. E expressando os mesmos métodos, o petismo nomeia os seus apadrinhados, se colocando em posição de vidraça também.

No caso de Pasadena, o jornal fingiu-se de morto durante quase dois anos, até o momento eleitoral. Chamado para participar de audiência pública do representante dos trabalhadores petroleiros no Conselho de Administração no final de 2012, O GLOBO não foi nem deu satisfação.

Os sindicatos petroleiros se dividiram, diante da omissão de seus principais dirigentes frente aos problemas enfrentados na companhia e, principalmente, diante do prosseguimento da retirada de direitos – em especial, os previdenciários – que foi implementada pelas gestões neoliberais petistas. O GLOBO jamais deu qualquer importância a esta tomada de posição por um setor majoritário dos petroleiros – só o SindipetroRJ reúne mais de 40 mil petroleiros em sua base sindical. Preferiu o periódico expor a entidade sindical em suas páginas policiais sob a falsa acusação de apoio a atos de vândalos nas manifestações sociais. E diga-se passagem: sem ouvir os acusados.

Ao longo dos últimos anos os petroleiros estão divididos nacionalmente. Criaram uma nova federação – a Federação Nacional dos Petroleiros, FNP – contra a governista FUP por causa da mudança radical na forma do Plano de Pensão. E disputam palmo a palmo as eleições sindicais e os espaços políticos como as representações na Petros e no Conselho de Administração da Companhia. A resistência é enorme e tem encontrado grande apoio dos trabalhadores. Embora uma parte dos trabalhadores ainda viva as ilusões com o petismo e cultive o medo (fundamentado) da privatização tucana, a maioria coloca em primeiro lugar a defesa da companhia e dos direitos dos trabalhadores.

Em relação à Petros, a questão fica ainda mais grave. Há 10 anos as contas anuais do Fundo de Pensão dos petroleiros não são aprovadas pelo Cnselho fiscal nem pelos conselheiros representantes dos trabalhadores. O GLOBO sabia disto, como publicou em março deste ano reportagem a respeito do assunto, mas faz questão de ignorar este fato em seu editorial.

A única “solidariedade ideológica” que se consegue ver em tudo isto é a do periódico contra qualquer iniciativa dos trabalhadores. Sejam eles governistas ou de oposição. O GLOBO só vê e considera suas próprias e parciais “verdades”.  Para O GLOBO, como se vê, mais uma vez, os fins justificam meios.


Conteúdo Relacionado

Tags

Petróleo Política Óleo Leilão Greve dos Petroleiros Ciência e Tecnologia AEPET Aposentadorias Aposentados Leilão de Libra Leilão de Xisto Gás de Xisto Campanha Salarial Crise na OGX Direitos Humanos Direitos Trabalhistas Desigualdade Social Educação Meio Ambiente Europa EUA Greve História Justiça Manifestações Mensalão Mercosul Transporte Tortura Siria Terceirização Violência Venezuela Economia Saúde mobilidade Energia Amazônia Pré-sal Fundos de Pensão Benefícios Faixa Livre Comperj Cuba Governo Água Universidade Irã Selic Emprego Trabalho Síria Argentina Brasil rádio PCB Biografia PIDV Caos no RJ processos ações Heitor Manoel Pereira Fernando Siqueira Diomedes Cesário Silvio Sinedino Ronaldo Tedesco Diretoria ANIVERSÁRIO Diretoria AEPET ROYALTIES Vila Autódromo CPI dos ônibus Pasadena Proplema da Água entre RJ e SP Depoimento do Gal. sobre Rubens Paiva Força Armadas nas favelas do RJ SÓCIO sindipetro francisco soriano O Brasil hoje Imposto de Renda João Victor Campos Petrobras manifesto Veja Situação da economia Situação do Brasil hoje Paulo Passarinho ANP gas Previdência Social PIB petróleo produção recorde Pesquisa eleitoral pre-sal indústria naval Brics corrupção economia brasileira O GLOBO Política Internacional interferência política reservas TCU serviços Negociação perfuração pré-sal Porto Açú Petrobrás produção Ildo Sauer Eleições na AEPET importações combustíveis desenvolvimento Comissão da Verdade Rússia geopolítica Soberania Nacional multa Cessão Onerosa Lucro inflação AIE Agência Internacional de Energia plebiscito reforma política Polícia Militar Eleição preço dos combustíveis Petróleo e gás Ricardo Maranhão paridade carta aos presidenciáveis delação premiada Fenaspe Clube de Engenharia Eleições Facebook privatizações escândalos Ficha limpa Shell UFRJ ONU correção do FGTS Ocupação aposentados O petróleo é nosso pós-sal Eleições 2014 Petrobrás operadora única Dilma Golfinho descoberta Cid Benjamin Milton Temer Luis Pereira Pedro do Couto Conselho Popular Denúncia José Carlos de Assis Paulo Metri Corrupção na Petrobrás Dilma Rousseff Paulo Brandão Emídio Rebelo Filho conselheiros fundos de pensão Momento político Felipe Coutinho Clube do Amém Diretoria de Governança Defesa da Petrobrás STJ Carta de Salvador Reforma política Anselmo Gois Edital de convocação diretoria 2015 - 2017 FUP Monopólio Atentado na França Movimento em Defesa da Petrobrás Grécia Aliança pelo Brasil conselho fiscal Petros liquidação de ativos Petros Assembleia de acionistas Dia intenacional da Mulher Momento econômico Maioridade penal Dia do trabalhador Conselho Deliberativo AEPET Reforma eleitoral AEPET Direto PDT Reforma Política AEPET apresenta 14 razões em defesa da Petrobrás como operadora única do pré-sal Maria Lucia Fatorelli Operadora única Greve na ADUFRJ Audiência pública sobre o documento da AEPET sobre o pré-sal Reforma da Previdência Troca-troca de partidos EBSERH Violência contra professores Ocupação na Câmara Conselho Universitário- EBSERH Novos partidos Governo Vargas Senado PSB Espionagem Greve dos bancários Programa Mais Médico 12 anos do atentado nos EUA Partidos políticos Privatização governo Dilma Escândalo Petrobras x PMDB Papa Situação da China Situação da Grécia Pré-sal no Senado Desinvestimento da Petrobras Vendas de aditivos da BR Vendas de ativos da BR Cabral Greve da Eletrobras Ativos da Petrobras Ato em defesa da Petrobras Situação dos jornalistas Situação dos médicos Índio Congresso Dívida Paralização Deputados Procurador da República Votação Enem Estados e Municípios Carta Capital Crise Aldeia Maracanã Docentes Projeto de lei Seminário Epaminondas de Souza Mendes Economia Mundial Lava-Jato Capitalismo UERJ Veto Servidor público Ministério do trabalho Troca de partido do PSOL para a REDE Cunha BR Distribuidora Onde vamos Chico Alencar Pedro Paulo Martins Adhemar Mineiro Morte de fiscais UFF Bernardo Kocher Emanuel Cancella julgamento Áreas indígenas Gilberto Vieira Paulo Matiletti Um ano PACS Carlos Addor Kenzo Soares Ligia Bahia Gabriel Strautman Edson Sardinha Retratação Aumento Light Politica Conflitos em Campos Documento da AEPET sobre proposta de José Serra Drogas Sete Brasil José Serra Alex Prado Congresso x STF CLT saúde socialismo Previdência Complementar Pedro Pinho PEC 241 Palestra Déficit Eleição RJ Marcos Pedlowski Osvaldo Manescky Eunício Cavalcante Livro de contos Arnaldo Jordy Situação do estado do Rio Assembleia ´Manifestação do Dia 15 Lista de Fachin Taxa Selic Medalha Mártires de Unaí Abril Verde Lançamento do seu livro sobre Floriano Peixoto AEPETV Dorodame Moura Leitão Caso Cachoeira Para onde vai a Europa? Osvaldo Neves Liquigás Frente Nacionalista Momento polítoco do Brasil Situação econômica do Brasil Redução da taxa de juros