Rio de Janeiro,
Notícias

Cenário para 2015 não é ruim para Petrobrás

Data: 26/09/2014 
Autor: Rogério Lessa


Crédito: CNC

Com a economia brasileira perdendo fôlego e os juros de mercado subindo nos EUA, as preocupações dos economistas nacionalistas se voltam para o risco de fuga de capitais no Brasil, o que aumentaria a s chances de o país ser obrigado a exportar ainda mais petróleo, abrindo mão de controlar o ritmo da produção, para tentar equilibrar as contas externas.

Por outro lado, se a economia surpreender favoravelmente, crescendo mais, teme-se que a Petrobrás continue sendo obrigada a importar gasolina e repassá-la a preços inferiores aos distribuidores locais.

Na opinião do economista Carlos Thadeu de Freitas, ex-diretor do Banco Central e atualmente consultor da Confederação Nacional do Comércio (CNC), as expectativas não são ruins para a Companhia. “A economia está perdendo fôlego, sobretudo por causa da desaceleração no consumo das famílias, cujo grau de endividamento está alto. Isto favorece as contas externas, pois reduz as importações, inclusive de gasolina”, ponderou, acrescentando que uma eventual elevação de juros nos EUA provocará um aumento no dólar que acentuará essa tendência de diminuição das compras no exterior.

A desvalorização do real, acrescenta Freitas, levará também ao aumento do preço da gasolina, o que resultará em maior diminuição do consumo. No entanto, o país deveria aproveitar este momento para corrigir problemas estruturais, para que no momento da retomada da atividade econômica não voltem as pressões inflacionárias e o déficit externo crescente, cenário que também não interessa à Petrobrás. 

Este ano, de janeiro a agosto, o déficit do Brasil em transações correntes – comércio e serviços – ficou em US$ 54,818 bilhões, contra US$ 57,627 bilhões nos oito meses de 2013. Com isso, o Banco Central manteve em US$ 80 bilhões a projeção do rombo nas contas externas do Brasil com o resto do mundo.


Conteúdo Relacionado

Av. Nilo Peçanha, 50 - Grupo 2409
Centro - Rio de Janeiro-RJ CEP: 20020-100
Telefone: 21 2277-3750 - Fax 21 2533-2134
Compartilhe
AEPET - Associação dos Engenheiros da Petrobrás Desenvolvido por Arte Digital Internet