Rio de Janeiro,
Colunas
Colunista Emídio Rebelo

Coluna do Aposentado (11)

Data: 03/04/2017 
Autor: Emídio Rebelo

Reforma

A reforma da Previdência Social tem sido a marca registrada do Governo Michel Temer. Sem ela não há como resolver a crise que assola a nossa economia. Esta é a afirmação governamental que, diariamente, ouvimos em todas as ocasiões que seus defensores aparecem para divulgá-la nos meios de comunicação. Querem incutir na sociedade a ineficiência do sistema atual, colocando na linha de frente o Regime Geral de Previdência Social (RGPS), indicando-o como insustentável. Só não dizem que a Previdência Social faz parte da Seguridade Social e os recursos financeiros arrecadados nesta conta são retirados para outros fins e gastos, sem cerimônia, não havendo a respectiva e devida devolução. 


Corrupção

As manifestações ocorridas recentemente contra a corrupção foi relevante para mostrar aos atuais governamentais do país, que a sociedade está atenta e concorda com as medidas de enfrentamento e ações que levem os corruptos e corruptores à prisão e devolvam os valores que surrupiaram dos cofres públicos. Os aposentados, pensionistas, pessoas idosas e todos os cidadãos de bem, aplaudem o que se fizer para o expurgo desse mal que só indignação e tristeza revelam. O protesto na capital federal refletiu esse sentimento, quando em frente a esplanada dos ministérios colocaram fotografias dos políticos que sempre estão sendo citados em ações não condizentes ao exercício da função para a qual foram eleitos.


Privatização

Divulga-se a privatização dos Correios. Vejamos o que disse o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, Sr. Gilberto Kassab, dentre outras colocações: “A má gestão também aconteceu, senão não teríamos a empresa na situação que está hoje. É reflexo, sim, de má gestão, corrupção, loteamento, não ter capacidade de encontrar receitas originais, não fazer os cortes necessários para fazer um equilíbrio entre receita e despesa”. Repete o ministro que foi a má gestão a causadora do descalabro na empresa. Não disse o que se fará com os maus gestores, responsáveis pela desorganização e desmandos ali ocorridos. E assim, o trabalho dos servidores atuais e dos que passaram na empresa, hoje, aposentados, desaparece por encanto.


Penalizados

Enquanto os aposentados e pensionistas do Estado do Rio de Janeiro são penalizados pelo não recebimento dos seus sagrados proventos, os membros do Tribunal de Contas do Estado usufruíram as benécias da corrupção, segundo a Polícia Federal, com um esquema de favorecimento de grandes empresas em obras públicas. Ao todo seis conselheiros foram presos na “Operação Quinto da Coroa”. Espera-se que todas as acusações sejam apuradas e os responsáveis em zelar pelas contas do Estado tenham a punição que merecem. Igualmente, espera-se que os corruptores sejam chamados à responsabilidade e punidos com os rigores da lei. O carioca e o cidadão brasileiro não podem sofrer as consequências por tanta insensatez e irresponsabilidade.


Petrobrás

Os aposentados e pensionistas egressos da Petróleo Brasileiro S/A – Petrobrás, ainda continuam na expectativa de que os responsáveis pelas falcatruas que a empresa sofreu, devolvam os valores na totalidade, assim como sejam responsabilizados pelo mal que causaram ao país. O patrimônio que foi construído com árduo trabalho dos seus competentes empregados tem que ser preservado. A recuperação da empresa não será efetuada com a disponibilidade dos seus bens. Ao contrário, o fortalecimento de tudo o que foi construído e produzido deve ser mantido. Vender o suor dos petroleiros é promover a destruição de uma conquista alcançada por ações destemidas e que elevaram o Brasil à condição de destaque internacional.


Igualdade

Não podemos aceitar a desigualdade na concessão dos reajustes das aposentadorias e pensões. Tem que prevalecer a igualdade. Diferenciar aposentados e pensionistas pertencentes ao mesmo regime previdenciário é proceder com insensatez e discriminação. Vamos novamente repetir: os deputados federais tem a solução para corrigir essa anomalia, aprovando, como aconteceu no Senado Federal, o Projeto de Lei nº4434/2008, que dispõe sobre a atualização e regularização das aposentadorias e pensões. A aprovação deste projeto vem quitar uma dívida de nove anos que os deputados federais têm para com os aposentados e pensionistas do INSS. 


Consignado

Diminuir juros no empréstimo consignado para aposentados e pensionistas não é a solução. A redução da taxa não vai influenciar de forma alguma no endividamento que aflige todo aquele que se permitiu ingressar no modelo oferecido pelas financeiras e permitido pelo governo. Este autorizando o desconto em folha de pagamento. As nossas autoridades deveriam proceder, com a maior urgência possível, um estudo que venha possibilitar uma melhor condição para amenizar a situação da penúria que muitos endividados estão passando, com dificuldades até para o sustento de suas famílias e aquisição de medicamentos na conservação da sua saúde. 


Envelhecimento

A população brasileira não é mais jovem ou de jovens. Ela está envelhecendo. Esta é a constatação das pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As pessoas idosas, maiores de sessenta anos, estão ultrapassando a casa dos vinte e oito milhões, representando 14% da população total de brasileiros. As nossas autoridades não podem deixar de refletir sobre esse fenômeno irreversível, principalmente, os responsáveis pela área educacional. A introdução do ensino sobre o envelhecimento, conforme preconizado na Lei de Política Nacional e Estatuto do Idoso é crucial e fundamental, sob pena de sofrermos consequências desagradáveis em futuro bem próximo. 


Educação   “A educação é um ornamento na prosperidade e um refúgio na adversidade”. (Aristóteles). 



Emídio Rebelo Filho

Presidente da Diretoria Executiva – FAAPPA




Conteúdo Relacionado

Não há conteúdo relacionado.

Tags

Não há tags relacionadas
Av. Nilo Peçanha, 50 - Grupo 2409
Centro - Rio de Janeiro-RJ CEP: 20020-100
Telefone: 21 2277-3750 - Fax 21 2533-2134
Compartilhe
AEPET - Associação dos Engenheiros da Petrobrás Desenvolvido por Arte Digital Internet